SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS
DE LAGES E REGIÃO
13/03/2018 - BARROSO DEFINE QUAIS PERFIS DE PRESOS ESTÃO PROIBIDOS DE RECEBER INDULTO
13/03/2018 - PREVI ZERA DÉFICIT E AFASTA RISCO DE APORTES
13/03/2018 - ALERTA! COMO FUNCIONAM AS NOVAS FRAUDES COM CARTÃO DE CRÉDITO
13/03/2018 - PREVI ALCANÇA EM JANEIRO SUPERÁVIT DE R$ 1,3 BILHÃO
13/03/2018 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA PODERÁ SER MAIS PROFUNDA NO PRÓXIMO GOVERNO, DIZ RELATOR
13/03/2018 - APRESENTAÇÕES DOS RESULTADOS DA PREVI EM 2017
13/03/2018 - NOVO PRESIDENTE DO BRADESCO TEM MISSÃO DE DIGITALIZAR O BANCO
13/03/2018 - BANCO NÃO PODE REDUZIR SALÁRIO AO TRAZER EMPREGADO DE VOLTA AO BRASIL
13/03/2018 - PLR DO BANCO DO BRASIL CREDITOU NESTA SEGUNDA-FEIRA (12/03)
13/03/2018
REFORMA DA PREVIDÊNCIA PODERÁ SER MAIS PROFUNDA NO PRÓXIMO GOVERNO, DIZ RELATOR


O deputado federal Arthur Maia (PPS-BA), relator da Reforma da Previdência na Câmara, disse hoje (12) acreditar que o próximo governo terá capital político suficiente para aprovar a reforma, mas previu que ela será mais profunda do que a que está em discussão. Maia participou do seminário Reforma da Previdência: uma reflexão necessária, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.
 
Na opinião do parlamentar, o próximo governo terá condições políticas de fazer uma reforma mais dura e aprovará um projeto diferente do que consta no parecer em discussão na Câmara dos Deputados, assinado por ele.
 
“Certamente, se fará outra reforma. Ao meu ver, será uma reforma mais dura e muito mais profunda”, disse ele, que acrescentou: “O novo presidente eleito entra com todo o capital político para adotar as medidas que sejam necessárias. Não importa qual seja o viés ideológico de quem se eleja, tenho convicção de que será uma reforma muito mais profunda que a que consta no meu parecer.”
 
A legislação determina que, em função da intervenção federal na segurança pública do estado do Rio, o Congresso não pode promver alteração à Constituição, como é o caso da Reforma da Previdência. Maia afirmou que não tratou da possibilidade de suspensão da intervenção para votar a reforma com ninguém e foi enfático ao apontar que o governo não tem os 308 votos necessários para aprovar a reforma na Câmara.
 
“Não temos votos. Não adianta. O governo não tem os 308 votos. Já fiz essa conta de baixo pra cima, de cima pra baixo, de norte para sul e de leste para oeste. Não temos votos”, disse o deputado, que não descartou a possibilidade de o cenário mudar após as eleições: “Depois da eleição é outro planeta. Será outra realidade totalmente diferente”.
 
À noite o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, fará uma palestra no mesmo seminário. Durante a manhã, Caetano conversou com jornalistas e enfatizou que, apesar da intervenção, a reforma permanece como uma pauta prioritária para o governo.
 
Ele disse que uma possível suspensão da intervenção federal antes de 31 de dezembro, prazo estipulado pelo decreto, não está em discussão no governo. “Não está (sendo conversado). O prazo que existe hoje no decreto é 31 de dezembro de 2018. Se, porventura, esse decreto for revogado, o debate retorna”.
 
Para o secretário, o tema ocupará uma posição relevante no debate entre os postulantes ao Palácio do Planalto e a velocidade com que pode avançar no governo seguinte dependerá do presidente e dos parlamentares que forem eleitos.
Fonte = EBC Agência Brasil
 

 
 
  • FELIPE MARCIONEI DO NASCIMENTO | 01/05

  • MARCO ANTONIO GRUNITZKI | 01/05

  • VERA MARCIA DANIELLI | 02/05

  • BENHUR SILVA DE LIMA | 03/05

  • ALVARO DE SOUZA | 04/05

  • GUILHERME AFONSO DA SILVA | 05/05

  • RICARDO PIMENTEL PINEHEIRO | 06/05

  • CAMILA RODRIGUES | 07/05

  • LEONARDO LEITE DA SILVA | 08/05

  • LENITA REGIANI MOLIN | 08/05

  • VANESSA SUTIL WIGGERS | 09/05

  • MORGANA MARAYZA BURIGO | 11/05

  • RODRIGO BERTOTTO | 11/05

  • ANA PAULA MULLER DEMERTINE | 12/05

  • JEHAN CARLOS RECH | 12/05

  • ANTONIO RICARDO NUNES | 12/05

  • ISABEL A. S. OLIVEIRA RIGON | 13/05

  • ANDERSON FERREIRA BITENCOURT | 13/05

  • HIRAM APARECIDO SIMOES DE ALMEIDA | 14/05

  • CASSIANO ROSSI | 15/05

  • MARCO ANTONIO RIBEIRO | 15/05

  • ELIANA BORGES KUZE DE LIMA | 16/05

  • FABIANO RIBEIRO | 16/05

  • MAGDA DETOFFOL FILIMBERTI | 16/05

  • MOACIR CANTELLI | 16/05

  • JOÃO PAULO DA SILVA | 16/05

  • CARLOS LUIZ VIEIRA | 18/05

  • JOSE JUVERCI MADRUGA | 19/05

  • CRISTIANE CARVALHO LEGAL | 20/05

  • ANNY BARBARA THIESEN LUDWIG | 22/05

  • DARCI MORAES DE OLIVEIRA JUNIOR | 22/05

  • RAIMUNDO STRAMOSK | 22/05

  • RICARDO ANTONOW | 23/05

  • GIOVANI DE NONI | 24/05

  • THIAGO ROSA PEREIRA DOS ANJOS | 24/05

  • CLAUDIMIR DALAPRIA | 27/05

  • SONIA MARIA F. FURTADO | 28/05

  • EDINEIA APARECIDA RIBEIRO | 29/05



BASE TERRITORIAL
FILIADO A

LAGES, Anita Garibaldi, Abdon Batista, Bom Jardim da Serra, Campo Belo do Sul, Celso Ramos, Urupema, São Joaquim, Curitibanos, Otacílio Costa, Santa Cecília, Correia Pinto, São José do Cerrito, Ponte Alta

Todos os Direitos Reservados 2012
SEEB LAGES E REGIÃO | Desenvolvido por Getsystem
Rua Baependi, 183 - CENTRO, LAGES/SC CEP 88502-140